Limpeza Espiritual O

Dicionário de Limpeza Espiritual
O

Limpeza Espiritual Letra O

Limpeza Espiritual Letra O

Olho:O filósofo romano Plotino, “nenhum olho está capacitado para ver o Sol enquanto ele não for o Sol”. O olho é a vigília, ver representa aprender, ter experiência, experimentar, por isso está relacionado ao conhecimento.

Olho de Hórus: Os antigos egípcios usavam um sistema de frações horus-olhobaseado em caracteres distintos, tipo 1/2 era um símbolo, 3/4 era outro, etc, mas tinham alguma regra geral. Em particular, as frações do tipo 1/2^n (que seriam tipo 1/2, 1/4, 1/8, 1/16, 1/32…) tinham símbolos especiais, e, adivinham, a associação desses símbolos, do 1/2 até o 1/64 é o olho de Hórus.
1/2 representa o olfato.
1/4 representa a visão.
1/8 representa o pensamento, que seria a sobrancelha.
1/16 representa a audição.
1/32 representa o paladar, uma linguinha bem comprida, e não um rabo como eu imaginava.
1/64 representa o tato, que seriam as duas perninhas em contato com o mundo embaixo.
Hoje em dia, o Olho de Hórus adquiriu também outro significado e é usado para evitar o mal e espantar inveja (mau-olhado), mas continua com a idéia de trazer proteção, vigor e saúde.

Obelisco: Simboliza os raios de sol, já pela substancia representa a pedra, por isso significa a luz do espírito penetrante.

Oliveira:Árvore consagrada a Atena, Palas e ao poderoso Zeus. Emblema de prosperidade e da proteção dos Deuses, anjos, entidades superiores. Tem função semelhante do ocidente o ramo de arruda.

Orixá:São forças da natureza, ligado aos cultos primitivos, vinculado a Umbanda, Candomblé, Quimbanda. Cada um deles personaliza uma virtude manifestada. Oxalá (mesmo Zeus, ou Júpiter) é o pai dos Orixás como Zeus o Deus dos Deuses, símbolo da magnitude do Deus criador, do chefe, da perfeição, da pureza. Ogum, o Deus da guerra, é o marte dos romanos, o Hermes dos Gregos, simboliza a força  viril. Omolu ou Obaluaiê, deus da cura, equivalente ao esculápio. Oxossi, deus da caça, equivale a Apolo e Diana. Oxum, Deus das águas doce, equivale a Poseidon ou Netuno, dentro do seu mundo, representa a feminilidade, fertilidade, amor maternal. Xangô Deus do raio e do Trovão, equivale ao  Thor da mitologia Nórdica. Yemanjá orixá da água do mar, símbolo da beleza e do encanto feminino. Nanã Buruku, símbolo das fertilidade. Ifá símbolo das artes e adivinhação.

Ouro: Símbolo da nobreza, realeza, na escala é o metal mais nobre, símbolo do sol, positivo, ativo, dignidade, elevação, principio espiritual. Em seu aspecto negativo representa a arrogância, idolatria, fanatismo e a vaidade.

Ouroboros: serpente que morde a própria cauda. Símbolo da continuidade da vida e do movimento perpétuo do cosmos. Significa que todo o começo contém em si o fim e todo fim contém em si o começo.

Ovo: Símbolo da origem da vida, toda a forma ovóide significa a forma primordial de cada coisa manifestada, desde o átomo até os globos planetários. O ovo cósmico é o mundo e seus planos na concepção indiana. Os chineses acreditavam que o primeiro homem nasceu de um ovo. O OVO de páscoa  é um emblema da fertilidade que sintetiza o espírito dessa crença.